(51)996961546

NO AR

Na Balada

www.interativasulweb.com

Copa Do Mundo

Argentina perde para a Croácia por 3 a 0 pelo Grupo D do Mundial e agora reza por resultados paralelos

Publicada em 21/06/18 as 18:48h por Rádio Interativa Sul Web - 24 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Reprodução)

Argentina e Croácia se enfrentaram nesta quinta-feira (21) no estádio de Nizhny Novgorod pelo Grupo D do Mundial. O confronto marcou o primeiro encontro entre os camisas 10 de Barcelona e Real Madrid. E deu Real Madrid, ou melhor, Croácia. Modric marcou o segundo gol. Rebic já havia aberto o placar e Rakitic fechou a goleada de 3 a 0. Agora a seleção argentina reza por resultados paralelos para não ser eliminada.

No dia 26, às 15h, a Argentina enfrenta a Nigéria, em São Petersburgo, enquanto a Islândia recebe a Croácia na arena de Rostov. Antes, nesta sexta (22), ao meio-dia, Nigéria e Islândia jogam em Volgogrado, ainda pela segunda rodada do Mundial.

Se a Nigéria vencer a Islândia, a Argentina precisa bater os africanos em São Petersburgo e torcer por um tropeço dos islandeses contra a Croácia. Caso a Islândia vença, terá que secá-los por uma derrota contra a Croácia e tirar o saldo goleando a Nigéria. Se for empate, também terá que tirar o saldo em relação a Nigéria e esperar que os croatas vençam.

A Croácia se classificou com antecedência, cinco gols marcados e nenhum sofrido. Pode repetir a campanha de 1998, quando foi até as semifinais.

O jogo

A Croácia, conduzida por Modric, Rakitic, Kovasic e Perisic, deixou os argentinos trocando passes e foi muito eficaz quando atacou. Até desperdiçou duas chances claras no primeiro tempo, mas o segundo foi de aproveitamento total.

O primeiro tempo foi tenso, pesado e com chances desperdiçadas. A equipe de Sampaoli tinha mais posse de bola, permanecia no ataque, mas dava espaço nas laterais e Messi pouco criou. Em chute cruzado de Perisic, defendido por Caballero, e peixinho para fora de Mandzukic, a Argentina levava os primeiros sustos.

A Argentina estava melhor que contra a Islândia. Acuña levava perigo e foi dele que saíram as duas jogadas mais perigosas, um cruzamento no travessão e uma disputa onde a bola sobrou para Enzo Perez, sem goleiro, chutar para fora. Messi sequer finalizou.

No segundo tempo a Argentina voltou posicionada no campo de ataque. Messi chegou a aparecer em uma jogada onde chamou a marcação de três e tocou para Taglifico servir Agüero. Mas finalização parou no goleiro. E, no lance seguinte, aos oito, Mercado recuou para Caballero, que tentou retornar e errou tudo. Foi o que Rebic precisava para marcar um golaço.

A Croácia se defendeu e apostou nos contra-ataques. Entre nervosos e desesperados, os argentinos não se encontravam em campo. Messi estava apagado. E o camisa 10 que brilharia seria mesmo Modric. Drible em cima de Otamendi e mais um golaço, aos 35 da segunda etapa.

Os argentinos não reagiam, e a Croácia seguia bombardeando sem esforço. Rakitic acertou o travessão e insistiu, chutando para defesa de Caballero. Kosavic ficou com o rebote e devolveu para o jogador do Barcelona fechar o placar, aos 46.

Escalações

O técnico Jorge Sampaoli escalou pela Argentina Caballero, Mercado, Otamendi, Tagliafico, Salvio (Pavon), Mascherano, Enzo Pérez (Dybala), Acuña, Meza, Messi e Agüero (Higuaín).

O técnico croata, Zlatko Dalic, colocou em campo Subasic, Vrsaljko, Lovren, Vida, Strinic, Rakitic, Brozovic, Rebic (Kramaric), Modric, Perisic (Kovacic) e Mandzukic.






Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Enquete
Qual o estilo musical que você mais curte?

 Sertanejo
 Pop
 Rock
 Bandas
 Gauchescas
 Funk
 Metal
 MPB
 Gospel







.

LIGUE E PARTICIPE

51997425572

Visitas: 37572
Usuários Online: 60
Copyright (c) 2018 - Rádio Interativa Sul Web - Curta nossa fan page no facebook